Volume
Rádio Offline
Redes
Sociais
PUBLICIDADE
Mobiauto aponta os 10 SUV´s mais valorizados e os 10 que mais perderam valor de mercado após um ano de pandemia
20/04/2021 09:09 em Mercado

Mobiauto aponta os 10 SUV´s mais valorizados e os 10 que mais perderam valor de mercado após um ano de pandemia
Bem como toda a economia brasileira, não é novidade afirmar que o mercado brasileiro de automóveis vive um período conturbado. Desde que a pandemia do coronavírus instalou-se no país, em março de 2020, as vendas e as cotações de carros novos e usados têm provado larga volatilidade, deixando o consumidor desnorteado em relação aos bons ou aos maus negócios. “Como combinar a aquisição de um carro que eu gosto com uma boa compra?” Essa é a máxima perseguida por todos os motoristas.  
É exatamente na apuração de estatísticas e inteligência na interpretação dos dados que a Mobiauto vem ganhando destaque. Start-up posicionada como um dos três maiores marketplaces de carros novos e usados do país, a empresa acaba de fazer um precioso levantamento que pode redirecionar as opções de compras de muitos brasileiros: após um ano de pandemia, quais os dez SUV´s que mais valorizaram e os dez que mais depreciaram no mercado brasileiro? A pesquisa leva em conta os preços desses veículos zero km em março de 2020 e as atuais cotações em março de 2021. Os resultados surpreenderam.
Na lista dos SUV´s mais valorizados durante a pandemia, a Mobiauto apurou que o “top ten” é totalmente composto integralmente por modelos importados, tendo o Lexus UX-250h Luxury 2.0 Hybrid AT como campeão. Vendido a R$ 193.990 em março de 2020, o SUV premium atingiu o preço médio de R$ 228.057 (17,56% de valorização).  
“Nada mal adquirir um SUV luxuoso e recheado de alta tecnologia, como a linha Lexus UX-250h, com versões que ocupam as três primeiras posições da pesquisa, desfrutar do veículo durante um ano e, ainda, ver que seu capital aumentou cerca de R$ 30 mil a R$ 35 mil na hora da venda!”, destaca o consultor Sant Clair Castro Jr, CEO da Mobiauto. Ele explica que a totalidade de modelos importados entre os dez mais valorizados pode ser explicada parcialmente pelos reajustes nos preços dos modelos zero km devido à alta do dólar. “Mas isso não é tudo. O consumidor percebeu o movimento das montadoras em dotar seus SUV´s com tecnologia de ponta, transformando essa classe não só em SUV´s premium, mas nos mais avançados veículos à venda no país. Não está sendo à toa que os SUV´s dominaram também o segmento de luxo”, explica.

Já na lista dos SUV´s que mais desvalorizaram neste período de Covid-19, a Mobiauto localizou nove modelos nacionais, com uma única exceção importada, o Volvo XC90. Sant Clair detalha caso a caso:  
“Você vai encontrar três grupos de modelos na lista dos dez mais desvalorizados: os que estavam prestes a receber reestilizações, como o Kicks e o Renegade, os envelhecidos, ou seja, sem mudanças há alguns anos e que já têm sido preteridos no mercado de novos, caso do C4 Cactus, do 2008 e do Duster, que são veículos que vendem baixos volumes enquanto zero km e tendem a repetir a má performance nos usados. E, finalmente, os que o mercado já sabe que sairão de linha em breve, como o EcoSport. A presença do Volvo XC90 T8 Excellence Hybrid é uma sazonalidade: ele foi reposicionado como zero km, caindo de preço, por isso a alta desvalorização como seminovo”, explica.


COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!