Volume
Rádio Offline
Redes
Sociais
Publicidade
Magalu começa a operar com caminhões elétricos
20/10/2021 09:54 em Mercado

O Magalu, maior ecossistema multicanal do varejo brasileiro, começou a eletrificar sua frota de caminhões. Os 23 primeiros veículos urbanos de carga (VUC) elétricos já começaram a circular este mês em cidades dos estados de São Paulo, Paraíba e  Bahia. Até dezembro, a frota chegará a 51 veículos com emissão zero de gases do efeito estufa. A iniciativa faz parte de uma série de ações da companhia, com objetivo de diminuir o impacto de sua operação sobre o meio ambiente.
“A eletrificação das frotas ainda é incipiente no mundo inteiro, mas é um caminho sem volta, porque todas as empresas terão de reduzir suas emissões de gases do efeito estufa”, afirma Grasiella Nascimento, gerente de Transportes do Magalu. “Estamos dando o primeiro passo aqui, mas queremos estimular que os transportadores que trabalham conosco migrem cada vez mais para veículos elétricos.”
O projeto da frota elétrica é uma parceria das áreas de Logística e de Sustentabilidade do Magalu com transportadores parceiros que adquiriram os 51 VUCs da montadora JAC Motors. Os veículos ficarão a serviço exclusivo do Magalu por três anos e serão usados para abastecer lojas e para entregas de produtos de maior porte, como móveis e eletrodomésticos.
Atualmente, a estrutura de logística do Magalu conta com 23 centros de distribuição espalhados pelo Brasil e cerca de 8 000 veículos de diversos portes. Cerca de 220 lojas já funcionam com energia solar.

Coleta responsável
Em junho deste ano, a companhia iniciou seu programa de reciclagem de eletroeletrônicos e eletrodomésticos. Até o fim de 2021, 500 lojas do Magalu estarão prontas para receber produtos fora de uso, descartados pelos consumidores.
O projeto é realizado em parceria com a Associação Brasileira de Reciclagem de Eletroeletrônicos e Eletrodomésticos (ABREE), responsável pela destinação ambientalmente adequada do material. As lojas físicas da rede funcionam como pontos de recepção e abrigam coletores que aceitam itens eletrônicos de todos os tamanhos, desde fones de ouvido e secadores de cabelo, até geladeiras e aparelhos de TV. Equipamentos maiores são recolhidos pelos vendedores, treinados para armazenar os itens e posteriormente encaminhar para a associação responsável pela reciclagem.

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!