Volume
Rádio Offline
Redes
Sociais
Publicidade
DPaschoal indica os cuidados que o motorista deve ter em períodos chuvosos
08/10/2021 09:08 em Manutenção preventiva

É natural que muitos comecem a se deslocar antes do feriado nacional de Nossa Senhora Aparecida. E mesmo com as regras de distanciamento, a incidência de veículos nas rodovias acaba sendo maior às vésperas da data de folga. Porém antes de pegar estrada a DPaschoal alerta sobre os cuidados que o motorista deve ter durante o início da primavera, estação do ano que apresenta rápidas mudanças de temperaturas e que ocasiona chuva forte, queda de granizo e ventos.
Nas rodovias, uma ocorrência frequente em épocas chuvosas é a aquaplanagem, uma ação que consiste na perda de contato entre um veículo e o asfalto, em virtude do acúmulo de água sobre o piso. Quando isso ocorre, o motorista perde o controle do automóvel, não consegue freá-lo ou direcioná-lo. Para diminuir as probabilidades desta ocorrência há algumas dicas.
A primeira exige a verificação dos pneus. Eles devem estar em boas condições de uso, com os sulcos dentro da especificação determinada. Essas ranhuras são as responsáveis pelo escoamento da água. Para verificar isso, basta colocar uma moeda de um real no desenho da banda e ver se a parte dourada, que tem 1,6 mm, fica escondida ou não. Quanto menor esses sulcos, menor a capacidade de drenar a água, e consequentemente, maior o risco de o veículo derrapar ou perder o controle. Outra regra de avaliação está relacionada à calibragem. Pneus com a pressão acima do normal diminuem a aderência, já abaixo, influenciam na estabilidade.
Os pneus largos, por exemplo, precisam mover mais água, portanto o risco de deslizar é maior se comparado aos modelos mais finos. Outra dica para evitar a aquaplanagem é reduzir a velocidade ao perceber grande quantidade de água no asfalto. Já quando o veículo perde o contato com o solo, a recomendação é não frear bruscamente e nem virar o volante.  O ideal nessas condições é parar de acelerar o carro e segurar o volante em linha reta para garantir que as rodas estejam sempre no traçado.

Veja outras indicações:

1 – Limpador de para-brisas: O item é um dispositivo que serve para manter a transparência do para-brisas, em caso de chuva, eliminando o excesso de água através de escovas de borracha, fixadas a suportes metálicos com movimento de vaivém. Com isso, é fundamental que o motorista verifique as palhetas e se o motor elétrico do sistema está funcionando, principalmente nesta época do ano. Dica, mantenha o reservatório do limpador de para-brisas abastecido com água e com um produto específico, de preferência com PH neutro. Acione o jato de água que é acionando com o movimento das palhetas por pelo menos três vezes na semana e observe se os componentes estão realizando uma limpeza uniforme e sem deixar marcas no vidro ou apresentar falhas, trepidações ou ruídos no ato do acionamento. Esse procedimento garante a hidratação das borrachas das palhetas e previne troca precoce.

2 – Sistema de ventilação: Boa visibilidade é crucial. O processo de desembaçar o para-brisa é feito pelo sistema de ventilação forçada do carro. Se o automóvel tiver ar-condicionado, é ideal que o motorista o ligue na velocidade máxima e na temperatura mais fria, pois o ar frio vai retirar toda a umidade do vidro e melhorar a visibilidade. Na ausência do item, a melhor opção é usar o ar quente, que faz as gotículas condensadas evaporarem. Quando o carro não conta com nenhum destes recursos, o motorista deve usar um pano bem limpo. Atenção: Nunca utilize a mão para tentar desembaçar o vidro, pois a ação mistura a gordura da mão com a água, piorando a situação. Cuidado com aplicação de silicone no painel, produtos de má qualidade ou excesso de utilização pode contribuir em baixa visibilidade nos dias de chuva, deixando o vidro do veículo com aspecto gorduroso devido evaporação do silicone quando o veículo tem exposição ao sol.

Na DPaschoal, empresa pioneira em revisão veicular consciente, o consumidor pode avaliar mais de 40 itens sem a necessidade de efetuar a troca sem que exista a necessidade. A empresa tem como principal objetivo auxiliar todos a economizarem na manutenção do veículo. Dentro desta linha de raciocínio existe o projeto Medir e Testar, que conta com ferramentas exclusivas para avaliar a real necessidade da troca de peças ou pneus.

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!